(foto: Epicurios)

Uma receita rápida e fácil de picles com pepino e algumas fatias de limão. Estes picles são incrivelmente deliciosos e tem o equilíbrio certo entre a doçura, acidez e crocância, com um sabor refrescante e revigorante.

https://pin.it/1yZcI8O

Acabamos de passar pela época do pepino no Brasil, então essa é a melhor forma de aproveitar os preços bacanas nas prateleiras da feira.

Picles é bom a qualquer hora. Eu gosto de colocá-lo na pizza, sanduíches e até mesmo comê-los puro! Não há nada mais refrescante que um picles durante os dias ensolarados.

A minha família também adora picles de pepino, então eu costumo aproveitar as épocas de colheita para fazer um estoque, já que a conserva os mantém frescos por muito mais tempo.

Além disso, o pepino é rico em vitaminas A e C, contém uma fonte quase infinita de sais minerais e possui poucas gorduras e calorias. Ele não é perfeito?!

Como escolher o pepino para o seu picles perfeito

O picles é parente muito próximo da abóbora e da abobrinha, portanto, se você é um comprador de primeira viagem, você pode acabar se confundindo na aparência. Mas não se preocupe, estamos aqui para te ajudar! 

Ao ir na feira escolher os pepinos perfeitos para o seu picles, você precisa se atentar principalmente para a casca

A textura granulada é o que o difere dos seus outros parentes. Além disso, os pepinos que tiveram pouca influência agronômica, são três vezes menor do que uma abobrinha. 

Lembre-se também de comprar as que tiverem a casca mais brilhante, firme e verde. Se estiver muito rugoso, é sinal de que já está passado. 

Outra maneira de fazer a escolha certa, é dar pequenas batidinhas na casca. Se o barulho for oco, quer dizer que ele não está bom para o consumo. 

Além disso, escolha o que estiver mais pesado e forem mais eretos, pois isso quer dizer que contém mais sucos e será menos amargo. 

Ingredientes para o picles de pepino

  • 1 kg de pepinos (Eu usei o libanês, mas você pode utilizar o que for ideal para a conserva)
  • 3 colheres de sopa de sal grosso
  • ½ limão em fatias finas

Para a salmoura da conserva:

  • 2 xícaras de água
  • 1 xícara de açúcar
  • 3/4 xícara de vinagre de maçã ou vinagre de arroz
  • 2 colheres de sopa de sal marinho
  • 2 colheres de chá de especiarias

Nota: Eu utilizei especiarias indianas, mas você pode fazer a sua combinação favorita. (Sugestão: sementes de mostarda, pimenta do reino preta, sementes de coentro e pimenta jamaicana)

  • 10 g de gengibre em fatias finas
  • 5 g de alho em fatias finas

picles

Instruções de preparo

Lave os pepinos em água corrente, esfregue bem a pele, para remover qualquer impureza e corte as duas extremidade. 

Coloque-os em uma tigela e adicione o sal grosso. Deixe descansar por 30 minutos para que ele dê uma leve desidratada. Durante esse período, vire o pepino algumas vezes. 

Após 30 minutos, retire o sal dos pepinos com água corrente e coloque-os em um frasco estéril limpo. Adicione o limão fatiado na jarra.

Nota: O ideal é adicioná-los inteiros, porém, só funciona se forem pequenos. Mas se forem grandes e você preferir, também pode fatiá-lo em rodelas.

Misture os ingredientes da salmoura em uma panela e deixe ferver em fogo médio até que o açúcar se dissolva (4 a 5 minutos). Mexa ocasionalmente, apenas para impedir que cristalize nas bordas.

Despeje a salmoura em conserva na jarra até que ela esteja cheia e feche a tampa. 

Nota: Não deixe nenhuma parte do pepino para fora do líquido, pois ele pode fermentar e estragar a receita. 

Deixe em temperatura ambiente por 3 horas e depois leve-o para a geladeira por 3 dias.

Nota: Você pode começar a comer a partir do dia 1, mas o picles fica mais saboroso e ácido a partir do dia 3. Os picles podem durar cerca de 3 semanas na geladeira.

veja também receita low-carb: lasanha de berinjela

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui